Arquivo do mês: janeiro 2010

‘123456’ é senha mais usada na internet

Pesquisa de empresa de segurança alerta para combinações vulneráveis a cyberataques.

Um estudo feito por uma empresa de segurança de dados dos Estados Unidos revelou quais são as senhas mais comuns usadas pelas pessoas para acessar sites e serviços pela internet.

A empresa Imperva analisou 32 milhões de senhas recentemente reveladas após um ataque de hackers ao site RockYou.com.

Na lista, entre as dez senhas mais comuns, estão cinco versões mais longas ou mais curtas da sequência de algarismos de 1 a 9.

Em primeiro lugar está a senha “123456”, usada por cerca de 1% dos usuários do RockYou.com.

Outras senhas incluem nomes próprios, gírias, palavras conhecidas e senhas triviais, compostas por letras vizinhas no teclado, por exemplo.

O estudo também identificou que muitas das senhas são usadas também em outros sites, incluindo os de redes de relacionamento e de lojas virtuais.

20 anos

“As pessoas precisam entender o que a combinação de senhas fracas significa no mundo de hoje, em que os cyberataques são automatizados: com um mínimo esforço, um hacker pode ganhar acesso a uma nova conta a cada segundo – ou mil contas a cada 17 minutos”, explicou Amichai Shulman, um dos diretores da Imperva.

Segundo a empresa, quanto mais curta e simples a senha escolhida, mais suscetível o usuário está aos ataques.

“O problema mudou muito pouco nos últimos 20 anos”, disse Shulman, referindo-se a um estudo de 1990, realizado pela Unix e que mostrava um padrão de escolha de senhas parecido com os de hoje.

Em geral, sites recomendam que as senhas contenham algarismos e letras, além de caracteres em letras maiúsculas e minúsculas.

Deixe um comentário

Arquivado em Segurança na internet

Chat estilo Facebook

CometChat é um script de bate papo no estilo do site Facebook.  Veja algumas características:

  • Desenvolvido com PHP, MySQL e Ajax;
  • Combinação de caracteres são convertidos automaticamente em smileys;
  • Notificação via audio quando uma nova mensagem chega.
Chat Facebook

Chat Facebook

Site: http://www.cometchat.com/

Demo: http://www.cometchat.com/demo

2 Comentários

Arquivado em Ajax, PHP

Programa gratuito ajuda a economizar papel na impressão

Software chamado GreenPrint World muito interessante, que faz você economizar nas impressões e abraçar a causa “verde”.

O programa orienta o usuário a gastar menos papel na hora da impressão. Uma situação comum é sair aquela última página apenas com uma ou duas linhas e acabar indo pro lixo. Ou então, pior: ao imprimir no Excel, por exemplo, saem várias páginas com pedaços da sua planilha e nada se aproveita, seja porque esquecemos de ajustar a área de impressão ou de dar uma pré-visualizada pra ver como ia sair. Em resumo, desperdício atrás de desperdício!

E não só desperdício de papel, mas de tempo também. Agora imagine esses casos multiplicados diversas vezes por dia e em todo o mundo. Quando começamos a fazer as contas: tantas pessoas em casa mais tantas empresas com tantos funcionários… parecem assustadores os números de papéis jogados fora por inobservância de detalhes de configuração.

Então, para tentar dar um basta ou, ao menos, reduzir significativamente essa condição agressiva à natureza, o fabricante GreenPrint Technologies criou um software capaz de identificar essas situações desastrosas e corrigi-las. Com o GreenPrint World, esses casos corriqueiros tendem a ser coisa do passado. E a natureza agradece.

Software ajuda a poupar papel nas impressões. (Foto: Reprodução)

Software ajuda a poupar papel nas impressões. (Foto: Reprodução)

Como funciona?
O programa se instala como uma espécie de impressora virtual, bem semelhante àqueles programas que geram PDF. Na hora que você mandar imprimir pela impressora criada pelo GreenPrint World, se ele notar que uma página vai ficar com pouquíssimas linhas, faz o alerta: mostra em vermelho quantas e quais páginas são potenciais desperdícios.

Porém, deixa a seu critério imprimir tudo ou descartar o apontado como desnecessário, apesar de — por padrão — considerar a impressão sem perdas. Outra opção é imprimir para um arquivo PDF ou enviar o PDF por e-mail. Dessa forma, economiza-se — mesmo — 100% de papel. Na versão mais nova existe, ainda, o recurso de não imprimir as imagens.

E mais: o software gera estatísticas de impressões que você deixou de fazer e mostra o quanto economizou. Ele também exibe, num belo gráfico, a emissão evitada de CO2, assim como as árvores economizadas.

Programa gera estatísticas de quanto o usuário economizou e quanto evitou de emitir CO2 na atmosfera. (Foto: Reprodução)

Programa gera estatísticas de quanto o usuário economizou e quanto evitou de emitir CO2 na atmosfera. (Foto: Reprodução)

Fica aí a dica para reduzir os gastos e proteger o ambiente ao mesmo tempo!

Fonte: G1 Tecnologia

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia Verde

Dicas de banners em Flash e sua Acessibilidade

Um série de premissas devem ser levadas em conta quando, em uma página “acessível”, você quer utilizar blocos de publicidade (banners) em Flash:

  • Proporcionar um texto alternativo para a animação.
  • Proporcionar um texto alternativo para o Flash, pois usuários que não tem suporte não veriam nada.
  • O texto alternativo deve ser de fácil leitura (contraste de cor, tipografia, tamanho, etc…).
  • Procure testar seu experimento recém criado em algum leitor de tela.

Referências

Acessibilidade Flash

Acessibilidade Flash

Fonte

Deixe um comentário

Arquivado em Acessibilidade na internet

Sem spray ou química: Conheça o Eco Graffiti

Um pouco de terra molhada, grama e responsabilidade socioambiental foram suficientemente férteis para se plantar, em meio a prédios e ruas, o Eco Graffiti. A criativa expressão artística chama a atenção de quem passa pela cidade e se depara com estêncil de lama, murais de grama e verdadeiras obras de arte e protesto nas paredes.

Lama, grama ou terra. O importante do Eco Grafite é passar a mensagem sem agredir o planeta / Fotos: Divulgação

Lama, grama ou terra. O importante do Eco Grafite é passar a mensagem sem agredir o planeta / Fotos: Divulgação

Do caos a lama

Acreditando que não apenas a arte, mas também o que se usa para se expressar através dela deve ser considerado, o jovem artista Jesse Graves optou por um material natural e, no mínimo, pouco utilizado: a lama. Com um molde reutilizável, a terra úmida e esponjas, Graves espalha pela cidade de Milwaukee, no estado americano de Wisconsin, ideias de uma vida mais verde, saudável e responsável.

Para levar sua mensagem, Jesse abdicou das tintas em spray e criou o MSR (Mud Stencils Rule ou Prática de Stencil com Lama) para dar, literalmente, um toque verde ao ambiente urbano. “Comecei a usar o estêncil com lama para colocar a consciência ambiental nos espaços públicos e escolhi o material porque é a substância fundamental à vida – lógica das minhas mensagens”, explica Graves.

grafite-6.jpg
Na foto acima, Jesse escreve “Eat Wild” em referência a uma alimentação saudável e o mais natural possível.

Em seu site, o artista ensina como fazer e aplicar o molde (claro que utilizando como matéria-prima a lama ou barro), mostrando que de maneira simples e sem muita bagunça, o stencil de lama pode ser feito por quem quiser.

Grass What?

O Eco Graffiti traz a natureza para o urbano sem precisar entrar em choque com as linguagens habituais do mundo moderno. Não podemos ter árvores? Coloquemos, então, grama nas paredes. Faltam jardins meio às grandes pistas de carros? Um cheiro de grama molhada na calçada já pode ajudar a criar um clima menos estressante.

A designer Edina Tokodi também é adepta dessa ideia e projeta em paredes de construções e locais abandonados obras de arte que usam madeira como forma e grama como conteúdo. Plantando murais e figuras, a artista criou o projeto Grass What? (Grama o quê?) que possibilita um contato especial entre a cidade e a vegetação.

grafite-7.jpg
Grama na parede. Assim é exposto o projeto Grass What? da artista.

“Eu acho que a nossa distância da natureza é um clichê. Os moradores da cidade muitas vezes não têm relação com os animais ou vegetação. Como um artista público sinto o dever de chamar a atenção para as deficiências em nossa vida cotidiana,” pontua Tokodi,

Edina tem cuidado com suas plantas e frequentemente volta ao seu sitio para visitá-las, mas diz que a partir do momento que as coloca em ruas públicas que a vegetação realmente ganha vida, mas ela se preocupa.

“Como cultivadora de uma sensibilidade eco-urbana, fico curiosa para saber como as pessoas irão receber as criações, se vão gostar, cuidar ou simplesmente abandoná-las, e isso é o que torna o meu trabalho semelhante ao graffiti”, acrescenta Tokodi.

grafite-5.jpg
Com madeira e plantas, Tokodi leva para ruas e becos um pouco de vida vegetal.

O grafite na sociedade

Desmitificando o antigo paradigma de “degradação de patrimônio”, o graffiti ganha a cada dia mais profissionalismo e se estabelece na sociedade como uma incrível ferramenta de expressão cultural, artística e política que se comunica de maneira respeitosa com o meio público e a população.

Denis Sena, artista plástico e, sem medo ou vergonha de dizer, grafiteiro baiano, acredita que a arte urbana é um dos importantes veículos de comunicação, principalmente dentro de bairros e comunidades, onde o diálogo entre imagens e cidadãos é um forte agente transformador.

“A arte Urbana tem o objetivo de dialogar com a realidade, gritar sem fazer barulho. Então ela assume o papel de informar e contribuir com a transformação positiva da comunidade”, pontua Sena.

grafite-3.jpg
Mesmo sem usar materiais alternativos, o grafite pode assumir compromisso social. Na foto acima, mais uma criação feita com lama e estêncil.

Mesmo usando as tradicionais tintas, o artista que transmite boas mensagens em desenhos do graffiti acredita que a arte também deve ter responsabilidade e aposta na arte-educação como instrumento para construção de cidadãos .

Há nove anos integrando a organização não-governamental Projeto Cidadão, situada em Salvador, Denis afirma: “Em minhas intervenções eu falo sobre amor e paz, não adianta querer o fim da violência se você a reproduz nas paredes. Comecei a me interessar ainda novo por grafite através do Projeto Cidadão que ficava em meu bairro, por isso acredito que a arte-educação influencia o contexto e deve ser levada a sério”.

Fonte

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia Verde

Deixe sua webcam como câmera de segurança

Descubra mais uma forma útil de utilizar a webcam que você tem em casa:

Webcam como camera de segurança

Webcam como camera de segurança

Quer ser alertado quando alguém entrar no seu quarto? Ou talvez queira monitorar o trabalho de algum empregado? Mais que isso: criar um sistema de segurança para a sua casa enquanto viaja? Saiba que você pode fazer tudo isso de graça, e utilizando apenas a sua webcam. Como? É o que você vai ver agora.

Primeiro, a gente te mostra esse serviço aqui, o HighlightCam. Ele é 100% online, ou seja, não é necessário baixar nenhum programa ou nenhum plugin para que ele funcione. Você só precisa fazer um cadastro e autorizar que o sistema use a sua webcam e o seu microfone, caso também queira capturar o áudio. Aí, ao clicar o botão “Start Recording”, o serviço vai passar a monitorar aquele ambiente. Qualquer movimento e pronto! O vídeo é gravado e você pode ter acesso a ele de qualquer lugar do mundo. Basta conectar-se à sua conta de qualquer outro computador, e assistir ao material. O melhor é que o HighlightCam monitora o tempo todo, mas só grava quando algum movimento ocorre na cena. Então, horas e horas de monitoramento podem ser reduzidos a segundos – só aqueles que realmente interessam a quem está vigiando o espaço.

A versão gratuita é bem generosa, apesar das limitações. Você pode guardar um bom estoque de vídeos; o sistema avisa, por email, a cada nova gravação e ainda é possível ajustar a sensibilidade da câmera para que ela não dispare com qualquer movimento, como por exemplo, uma cortina ao vento.

O HomeCamera também é gratuito e um pouco mais completo que o HighlightCam. Só que é preciso baixar um plugin para que ele funcione. Ao contrário do anterior, os vídeos podem ser gravados, também, no seu HD. E cada vez que o sistema for acionado, você recebe não só um email, mas também uma mensagem no seu celular, contendo uma imagem do que está acontecendo naquele exato momento.

Deixe um comentário

Arquivado em Ferramentas, Internet, Tecnologia e sistemas

Ecofont, tipo de letra econômica

O tipo de letra ”ECOFONT” permite poupar até 20% de tinta na impressão de textos, e a fonte acaba por ser algo muito engraçado, pelo menos o efeito final acabou por ficar bastante engraçado.

Exemplo Ecofont

Exemplo Ecofont

É mais uma fonte limpa, bonita e criativa que pode ser uma solução engraçada para aplicar em alguns trabalhos, é uma questão de aplicação, mas eu próprio fiz uns testes e gostei do efeito que a fonte proporciona em alguns trabalhos.

Download da font: Aqui!
Mais informações: Aqui!

Fonte

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia Verde