Projeto libera comércio de pulseiras GPS

SÃO PAULO – Um projeto de lei, aprovado por uma comissão do Congresso, permite a criação de um comércio de pulseiras para humanos com localizador GPS.

GPS de pulso

GPS de pulso

O projeto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara e ainda deve ser votado pelo plenário da Câmara e Senado. O texto permite que integradores vendam livremente pulseiras e tornozeleiras com navegador GPS embutido para uso em seres humanos.

A idéia é que teles e fabricantes de hardware criem produtos para uso em idosos, portadores de deficiência e pessoas com histórico de desapacerimento. O objetivo do projeto, segundo seu autor, o deputado catarinense Valdir Colatto (PMDB), é ampliar as formas de localização humana em benefício da proteção à vida.

Produtos para localização humana geram controvérsia pois, uma vez instalada uma pulseira do tipo, o cidadão que a recebe fica totalmente vulnerável ao monitoramento de seu tutor.

Para os adversários da idéia, o projeto abre uma brecha perigosa para invadir a privacidade de pessoas que não precisam ser tuteladas.

Fonte

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Tecnologia e sistemas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s